O NOME DO VENTO - PATRICK ROTHFUSS


Antes de começar, quero pedir desculpas pelo sumiço! Depois do Mês da Leitura Mágica eu entrei numa ressaca literária doida e meu ritmo de leitura caiu muito. Sem contar que só comecei a me adaptar melhor com meu trabalho agora, antes estava chegando em casa a noite sem a menor vontade de viver, só queria dormir. Isso que dá passar quase 2 meses de férias! Mas vamos falar do nosso querido livro O Nome do Vento

Não sei por onde começar a escrever sobre esse livro. Mas devo dizer logo de cara que essa história me surpreendeu e me deixou completamente apaixonada. O americano Patrick Rothfuss ganhou meu coração e meu respeito pela genialidade com que construiu esse universo. É incrível! O Nome do Vento é o primeiro volume de uma trilogia, intitulada As Crônicas do Matador do Rei, o segundo volume já foi lançado aqui no Brasil também, se chama O Temor do Sábio. E infelizmente, o terceiro volume não tem previsão de lançamento. (Patrick, termina esse negócio logo pelo amoooor!) E então, vamos entrar um pouco nesse universo mágico? 

Esse primeiro volume nos apresenta ao personagem Kvothe, ou Kote, que vive nos Quatro Cantos (um lugar ao estilo medieval, que por vezes me lembrava Westeros só que mais feliz... ou não). Ele atualmente é o dono de uma hospedaria, mas logo de cara percebemos que ele guarda algum segredo. Há algo de errado nele, algo extraordinário e desconhecido. No entanto, um belo dia chega na hospedaria o Cronista, um homem que tem como trabalho escrever histórias e logo ele e Kote fazem um trato: Kote vai contar sua história para ele em três dias. Com isso, esse primeiro livro é o primeiro dia da história. (Ahhh, to até arrepiada aqui!) 

Nesse primeiro dia de história vamos ouvir (ou melhor, ler) Kote contando como foi sua infância e juventude. Não vou contar spoilers nenhum, nadinha de nada. Mas é simplesmente sensacional, cruel, triste, medonho. São mais de 600 páginas de pura ação e inteligência, e a forma como a história é contada nos prende e nos cativa. Portanto, temos duas divisões nessa narrativa: alguns capítulos são interlúdios, quando Kote está em sua hospedaria e isso é narrado em 3ª pessoa. Outros capítulos é apenas Kote contando sua história para o Cronista, isso é narrado em 1ª pessoa. Sempre quando acabava algum capítulo narrado em 1ª pessoa eu conseguia respirar, ficava até aliviada pois sempre era tenso ler a história que o Kote contava. 

Esse estilo de narrativa nos traz uma sensação de que estamos realmente ouvindo uma história e não lendo, isso é extremamente gostoso! Eu adorava cada parte, cada aventura, cada magia. Ah sim, essa história é repleta de magia, demônios, animais estranhos e coisas fantásticas. E tem também uma pequena história de amor, bastante esquisita, ao mesmo perfeita e imperfeita, bem a cara do Kote mesmo. E por falar nele, esse personagem é simplesmente ÚNICO, sensacional! Me apaixonei por ele em poucas páginas. 

Bom, não quero ficar aqui a noite toda escrevendo sobre essa fantasia incrível, só tenho a dizer que o estilo do autor vale a pena, a história e o universo que ele criou é tão complexo e rico quanto Senhor dos Anéis, por exemplo. Mas tenho uma única ressalva: o começo dele é um pouco boring, meio chato, eu me senti perdida com tanta informação doida que não fazia sentido. O autor não se preocupa muito em te introduzir com calma nessa história, ele te joga lá e te deixa afundar. Mas vale a pena, vale muito. Se você gosta (mesmo que seja só um pouquinho) de fantasia, esse livro é essencial! Necessário! Leia agora! 




Um comentário:

  1. Ritaaa! eu preciso ler logo isso!! Lembro do Juvêncio e da Herla comentando coisas da história no nosso grupo haha Eles faziam de tudo pra me convencer a ler. Agora vc me convenceu de verdade kkkkkk (mas não conta pra eles kkkkk)
    Rita, vc já leu As aventuras do Caça-Feitiços? Teve um ponto da sua resenha que lembrei da série rsrs Era super cara na época que estava lendo, e acabei parando no quarto ou quinto livro rsrs Agora o box está bem mais em conta! Deu até saudade rsrs
    Beijooos

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.