ALIEN - ALAN DEAN FOSTER

Quem me acompanha no snapchat já percebeu que sou fã da Quadrilogia Alien. Na verdade sempre fui muito fascinada por alienígenas, não importava se era o alien mais feio ou mais fofo do universo, eu sempre amei. E devido à esse fascínio resolvi fazer a maratona completa dos filmes do Alien recentemente (junto com meu namorado lindo, que também adora a franquia) e assistimos: ALIEN- O 8º passageiro, ALIENS - O Regaste, ALIEN 3 e ALIEN - A Ressurreição. Além desses, também assistimos Prometheus que traz a história que antecede o primeiro filme. Assistimos a Trilogia do Predador e claro, também assistimos Aliens x Predator 1 e 2. Ufa! Um total de 10 filmes, haja coragem!

Não pretendo escrever muito sobre os filmes, simplesmente pelo fato de que talvez eu não pare mais, portanto serei o mais breve possível. Nossa experiência com os filmes foi incrível, eu simplesmente gosto de todos. Na franquia ALIEN meus favoritos são o primeiro e o último, eles me conquistaram por serem muito mais intensos. É claro que os outros filmes também são, mas o primeiro e o último me deixaram mais nervosa. Algumas pessoas compartilharam comigo que sentem vontade de ver os filmes, mas não tem coragem. Totalmente compreensivo, já que se trata de um filme sinistro que se passa no espaço onde astronautas se vêem lutando contra uma criatura totalmente sanguinária e tão horrorosa que dá arrepios toda vez que ele aparece abrindo aquela boca cheia de baba. Sim, é um filme que pode causar um medinho. No entanto, na minha experiência, o livro causou mais. 

Alien do Alan Dean Foster é uma novelização do primeiro filme, ALIEN - o 8º passageiro, que foi lançado no final da década de 70, dirigido pelo saudoso Ridley Scott (aquele que fez Blade Runner. Pois é!) e esse filme se tornou um grande clássico do cinema. Praticamente um filme obrigatório, ainda mais para aqueles que gostam de Sci-Fi. Nesse livro incrível temos a história de alguns astronautas que estão voltando para Terra, no entanto, recebem um sinal e pensam que esse sinal é um pedido de socorro. Decidim ir até o local e socorrer quem quer que esteja chamando por eles, porém, quando chegam lá as coisas ficam bem sinistras: existe uma raça alienígena incrível, medonha, poderosa e sanguinária esperando por eles. Woooow! 

O livro é frenético, intenso e cria o ambiente perfeito para o susto e para o terror. O autor comentou: "escrevi a novelização de Alien à noite, na maior parte do tempo. Quanto mais me aprofundava na história, mais eu me pegava olhando por sobre o ombro, ou através da janela escura em frente à minha escrivaninha".  E sim, essa é exatamente a sensação que o livro pode te causar. Eu fiz exatamente o que ele fez, e quando apagava a luz antes de dormir, acabava acendendo de novo sabe, só para me certificar de que não havia nenhum Alien ali. Se ouvia um barulho, me assustava achando que o Alien estava atrás de mim. Sim, é sério. E no entanto, o filme não me causou isso tudo. É um filme tenso e cheio de cenas inesquecíveis mas não me causou medo. 

Você DEVE ver o filme e DEVE ler o livro! São simplesmente incríveis. Então, se você tem vontade, vá em frente, não tema! Você não irá se arrepender. Mesmo com os medinhos que senti enquanto lia, o livro é tão incrível que entrou para a lista de favoritos do ano (e da vida, claro). Já estou aqui morrendo de vontade de reler!






5 comentários:

  1. Acho que você gosta um pouco do tema Alien, encarar 10 horas de filme deve ser tenso KKK
    Beijos
    https://reniamorais.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaah simmm, eu amo! Mas não vi todos os filmes em um único dia não, muita coisa! haha
      é MUITO tenso, mas é incrível! :D
      Beijão!

      Excluir
  2. Rita, eu amo livros que me deixam com a pulga atrás da orelha kkkkkk O último que me deixou assim foi Caixa de pássaros.
    Menina, tem um caso aqui no Vale do Paraíba que é bem conhecido... o sumiço do escoteiro Marco Aurélio (Tem até livro! Chama-se Operação Marins, volume 1 e 2). O cara sumiu, desapareceu totalmente faz uns trinta anos, e até hoje não há rastros dele. Um dos relatos, das pessoas que estavam com ele, diz que ele havia visto uma luz, e pensou até mesmo ser uma nave. Enfim... Há várias hipóteses, mas nenhuma delas foi confirmada até hoje.
    O fato é que fiquei muito intrigada com a história. E minha casa dá de frente para a montanha que ele sumiu hahahaha Moro em Guaratinguetá, a cidade que ele sumiu foi Piquete... Mas é um dos maiores picos que temos aqui, então dá pra ver de boa da minha casa. Quando terminei de ler o livro, eu nem olhava pra montanha... e se olhava, já imaginava ter visto alguma luz (ó a ideia da pessoa kkkkk).
    Beijãão!

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho o Livro e é realmente fantástico

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.