O Iluminado - Stephen King

Não sei porque demorei tanto tempo para ler O Iluminado. Me lembro de um amigo ter indicado esse livro há anos, ele inclusive me deu uma edição bem antiga e mesmo assim eu não li. Mas isso aconteceu principalmente por conta do medo. Eu já vi o filme e sei que não me deu medo, mas tinha muito receio do livro. Na verdade, meu maior medo é ler essas coisas e não conseguir dormir a noite, ou pior, ter pesadelos. 

Não senti medo durante a leitura, como muita gente comentou. Mas não é por isso que vou ficar decepcionada, muito pelo contrário, a história que o King nos apresenta nesse livro é incrível, temos personagens inesquecíveis e extremamente bem construídos, faz jus a todos os elogios que ouvi por aí. King é realmente um rei, foi o que ouvi dizer e agora posso concordar (desse autor eu também li Sob a Redoma, confira meu texto). Mas afinal, qual é a história tão incrível?

Somos apresentados a família Torrance e logo percebemos o quanto são problemáticos. Jack, é alcoólatra e durante as tentativas de parar de beber acabou tendo crises agressivas, quebrou o braço do filho e bateu em um aluno. A Wendy, tem problemas de aceitação e tem uma péssima relação com sua mãe. O filho, Danny, é uma criança quase normal, tirando o fato de que ele consegue acessar a mente das pessoas e tem uma visão que lhe mostra o outro mundo, o mundo dos mortos. Tudo isso parece bem dramático, não é mesmo? E realmente é, porém o King consegue desenvolver todos esses problemas de um jeito incrível e único, afinal ele é o rei. 

Devido aos problemas de Jack, ele precisa de um emprego urgente. E eis que surge o emprego perfeito, o emprego que vai salvar todos e que fará a família voltar a ser feliz. Ele então se torna o zelador do hotel Overlook. Esse hotel cinco estrelas fecha durante o inverno pois as nevascas são intensas, portanto o zelador e sua família ficam totalmente isolados. Com isso, a família Torrance acredita que irão se renovar, meses juntos e isolados há de fazer bem. No entanto, o hotel tem vida própria e as coisas acabam perdendo o controle. 

Como já disse, a história é incrível. Seu psicológico vai pro saco depois de ler isso, é uma história intensa e incômoda. Trata também de assuntos delicados, como violência doméstica, por exemplo, mas vai além disso, é claro. Podemos analisar muitos aspectos sociais e psicológicos nessa história, porém eu termino por aqui, só falta uma frase: leia esse livro!

Um comentário:

  1. olha só, eu li o iluminado esse ano tb. eu na verdade demorei a encontrar o livro. tinha achado uma feia edição em um sebo e não quis. comprei depois dessa bela edição. ah, eu senti bastante medo. beijos, pedrita http://mataharie007.blogspot.com.br/2015/08/o-iluminado.html

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.