Perdido em Marte - Andy Weir {Especial Ficção Científica}


Já comecei o mês do Especial Ficção Científica com o pé direito. Como vocês sabem que não consigo ser neutra, já adianto que amei esse livro e ele já está na minha lista de favoritos do ano!Temos aqui uma história super envolvente, mas preciso dizer que só por isso (e por eu ter uma queda enorme por histórias de astronautas) já considero esse livro pacas! Mas ele é muito mais do que uma história super envolvente, então vamos descobrir mais sobre essa história?

Somos apresentados ao Mark Watney através de diários de bordo. Logo descobrimos que Mark é um botânico e engenheiro mecânico que fazia parte da tripulação responsável pela missão Ares 3 da Nasa. Infelizmente, em um dia ordinário em Marte, a tripulação saiu para a superfície do planeta para coletas e acontece uma grande ventania. No meio da ventania Mark sofreu um acidente, seu traje foi prejudicado e a tripulação considerou que ele estava morto. Seguiram viagem de volta pra Terra e deixaram Mark lá em Marte. Sim, uma premissa bastante interessante (ao menos eu adoro esse tipo de coisa!E astronautas, claro, adoro astronautas!).

Para sua própria sorte, Mark é extremamente ágil e inteligente. Quando se deu conta do que havia acontecido ele tratou de curar seus ferimentos, acalmar-se e raciocinar sobre o que precisava fazer. Gostei muito disso: Mark se desespera em vários momentos mas ele sabe se controlar, ser frio e pensar nos objetivos. Achei isso interessante porque traz um equilíbrio ao leitor e uma certa segurança. Eu ficava desesperada, tensa e aí eu pensava "ah, cara, o Mark é um astronauta treinado pela Nasa, ele vai conseguir pensar direito e resolver as coisas",e é o que esperamos de astronautas, certo? Senti que ele era um profissional preparado para tudo e sobretudo, muito inteligente. Não era a toa que ele estava em uma viagem tripulada para Marte, não é mesmo? E creio que vocês já perceberam o quanto eu me apaixonei pelo Mark. Não só pelo fato dele ser astronauta (astronauta, cara!) mas ele possui uma personalidade cativante demais para um personagem só: ele é bem-humorado, descontraído e faz piada pra basicamente tudo. Esse é outro mega ponto positivo do livro. Você estava tenso com alguma cena, mas aí vem o Mark e faz um piada excelente e aí seu rosto dói de tanto que você riu dele. 

E aí você deve estar pensando: Rita, isso é um livro de ficção científica, deve ter muitas passagens chatas, linguagem própria, etc... E eu te digo: sim, é um livro de ficção científica com supostas passagens chatas e linguagem própria, etc, mas absolutamente nada disso me aborreceu. Gente, eu amo ficção científica mas não sou expert, não entendo termos técnicos e sempre fui péssima em Ciências (sim, é verdade). Então, se um livro de FC tem uma linguagem própria muito pesada ou passagens científicas chatas demais, eu simplesmente desisto. Gosto do tema, mas não sou de ferro. Entretanto, esse livro aqui é uma preciosidade nesse aspecto, acredite em mim. A linguagem é extremamente fácil, ele explica tudo bem direitinho, você não fica perdido em momento algum. E as explicações são divertidas e didáticas, você nem percebe. Sem contar que o ritmo desse livro é excelente, te pega lá na raiz e segura. Você vai devorá-lo.

Voltando ao Mark, o principal objetivo dele é conseguir comida e água suficiente para esperar a próxima missão chegar, a Ares 4, que chega dali 4 anos. Ou seja, Mark teria que ficar 4 anos em Marte por isso a questão da alimentação é muito preocupante. A comida que resta não vai durar tudo todo esse tempo e isso faz com que sua luta pela sobrevivência fique cada vez mais intensa, e é óbvio que esse cara vai comer o pão que o diabo amassou com essa situação toda. Porém, enquanto ele pensa que está completamente sozinho, satélites da NASA capturam fotos dele o tempo todo e essa história repercutiu no mundo inteiro. Existem muitos seres humanos que estão tentando ajudar Mark 24h por dia. Outra questão importante que vale ressaltar é que existem críticas sólidas em relação à NASA, ao governo, à sociedade. E é também abordado algumas intrigas políticas quando por exemplo a China e os EUA resolvem fazer uma parceria para tentar ajudar o astronauta. É tudo muito interessante, intrigante, envolvente. 

Leitura mais que recomendada, vai lá conhecer o Mark, aposto que você vai se apaixonar por ele também! Já leu? Me conte o que achou, vamos trocar ideias! ;D


Mais informações:
Titulo: Perdido em Marte
Autor: Andy Weir
Editora: Editora Arqueiro
Páginas:336
Compre aqui

4 comentários:

  1. Olá!

    Este livro está está na minha lista de pendentes esperando a ser lido.
    Gostei da tua opiniao.
    Boas leituras e beijinhos desde Espanha :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!! Obrigada!!!
      Esse livro é ótimo! Espero que goste também!
      Beijos!!!

      Excluir
  2. Vi outras pessoas falando bem do livro. Fico imaginando como seria ficar preso em um planeta desconhecido... nossa! Assiti um flime um dia desses sobre uma missão em marte, mas era daqueles filmes que vai morrendo de um em um.... kkk lembrei dele na hora com a capa de Perdido em Marte.
    Abraços!!
    Alexandre do blog Do Que Eu Leio
    @doqueeuleio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha! Esses filmes que vai morrendo um por um, cara! Já cansamos de ver isso né, poderiam diferenciar um pouco! haha mas ok.
      Então, esse livro é realmente muito bom! <3 estou apaixonada por ele! Quero a edição física, que infelizmente não tenho ainda.
      Beijão!

      Excluir

Tecnologia do Blogger.