May the 4th be with you {Especial Ficção Científica}


Feliz dia do Star Wars, caros amigos. Tinha a intenção de responder uma TAG lá no canal hoje, mas o cansaço e a voz rouca só estão me permitindo fazer um post aqui no blog. O que é ótimo também, porque eu adoro escrever por aqui. Mas hoje vim contar como foi que me apaixonei por Star Wars.


Em uma galáxia muito muito distante existia uma criança um tanto esquisita, a Rita. Ela sempre gostou de coisas de meninos: brincava de lutar, de carrinho, de Max Steel, amava dinossauros e Power Rangers, queria ser astronauta, sonhava com o espaço e com aliens chegando na sua janela, ah sim, claro, também assistia todos os filmes de terror possíveis. Eis que um dia ela viu algo diferente na TV: um menininho quase tão pequeno quanto ela, apostando corrida em um planeta diferente. As naves, as paisagens lindas, as cores,os seres extraterrestres, tudo isso deixou a pequena Rita alucinada, enfeitiçada, encantada. Pois é, naquele dia estava sendo exibido uma maratona de Star Wars e a pequena Rita assistiu até não poder mais. E pronto, eis que surgiu uma paixão. Anos mais tarde a pequena Rita já havia crescido e se tornado uma pequena adulta, decidiu assistir tudo de novo. 

E de novo, e de novo. Não me canso desses filmes, não me canso das cenas clássicas. Eu adoro, não tem jeito, pode julgar. É claro que quando vi pela primeira vez, o que mais me agradou era o visual, as lutas, as naves, as criaturas. Hoje em dia consigo reconhecer a profundidade da história, relacioná-la com filosofia, religião, arte, literatura. E é um universo tão fantástico, tão atraente, com personagens tão complexos e bem construídos que esse vai ser um amor que vou levar pra vida inteira. E antes que me perguntem, eu adorei a trilogia atual mas a trilogia clássica é simplesmente absurda de incrível. A princípio estranhei tanta mudança nos efeitos visuais, mas a trilogia clássica é tão grandiosa, tão engenhosa e tão envolvente que é impossível não se apaixonar. Não sei você, mas eu assisti a saga na ordem dos episódios: I, II, III que é a trilogia atual, e assisti em seguida a trilogia clássica que são episódios IV, V, VI. Já ouvi muita gente falando por aí que a trilogia atual é muito ruim, bla bla bla, Eu não me arrependo de ter visto nessa ordem, amo a trilogia clássica como todo mundo e tenho muito carinho com a trilogia atual. Na real, não consigo entender porque as pessoas odeiam tanto os filmes atuais.

E sim, o Vader é meu personagem favorito desde sempre, fiquei chocada quando Anakin se rende ao lado negro da força, mas confesso: fui pro lado negro junto com ele. Adoro, gente! É o melhor vilão, com a melhor história de todos os tempos. Sem contar que Star Wars foi o meu primeiro contato com Ficção Científica nas telinhas, então ele tem uma importância muito grande na minha vida de amante de Sci-Fi.

Bom, é isso então, quis só contar como foi que tive contato com esses filmes incríveis. As fotos eu tirei aqui no meu quarto, com a minha caneca que ganhei do meu namorado lindo, com meu boneco do Vader que veio diretamente de NY, e com a minha pequena coleção de livros do Star Wars. Infelizmente só li O Livro dos Sith, e foi uma leitura muito divertida, já que adoro o lado negro da força. Enfim, quero saber a experiência de vocês: gostam de Star Wars? Se sim, como foi que conheceram esses filmes, me conta aí!


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.