Série: Uma Odisseia No Espaço - Arthur C. Clarke


Posso (e devo) começar dizendo que gostei muito da série. Já escrevi sobre ela e desisti algumas vezes, justamente por conta de seu conteúdo que abrange um infinito de questionamentos e reflexões, entretanto, sinto que não posso deixar de escrever, afinal, fez toda a diferença na minha vida. Mas na verdade, não quero me aprofundar muito nesse texto, quero escrever somente o básico. Eu sei que fica artificial, mas se eu for escrever metade do que penso sobre esses livros o texto ganharia o mesmo tamanho do "Grande Irmão".

Pela primeira vez resolvi ler uma série toda na sequência, ou seja, não li mais nada enquanto lia os livros que compõe a série. E foi algo, digamos, arrebatador. Não conseguia parar de pensar no livro, só falava nisso, sonhei com a história, etc. Talvez, deveria ter dado um "break" e ter lido outra coisa pra aliviar, mas eu adorei a série, apesar de tudo. Já havia escrito um texto sobre o primeiro livro "2001: Uma Odisseia no Espaço", para ler clique aqui. Por conta disso, vou focar apenas nos demais volumes.


Uma coisa interessante mencionar é que o autor recebeu muitos pedidos de fãs e conhecidos para que continuasse a escrever sobre a "Odisseia no Espaço", então, ele decidiu escrever uma continuação a partir do filme. Portanto, quem não leu o primeiro volume, mas assistiu o filme,  pode fazer a leitura dos outros livros sem grandes problemas. 

Em "2010: Uma Odisseia No Espaço II" é narrado a aventura de Heywood Floyd a bordo da nave russa Leonov, para fazer o resgate da nave Discovery e descobrir o que houve com HAL, que aparentemente "enlouqueceu", David Bowman, que sumiu do mapa ao chegar perto do Monólito (sua última frase antes de desaparecer foi: "Meu Deus! Está cheio de estrelas!" o que deixou todos atônitos e cheios de teorias), também querem descobrir o que houve com Frank Poole, e por fim, olhar de perto esse gigante Monólito (conhecido também como "Grande Irmão"), instalado em Júpiter. Foi uma leitura interessante e intensa, tudo na medida certa. Os mistérios foram ainda mais envolventes, os diálogos incríveis, a relação entre os personagens e a situação política só ajudou a desenvolver a narrativa. 

Em "2061: Uma Odisseia No Espaço III" descobrimos que Floyd continua vivo, e mais do que isso, parte novamente em uma viagem para resgatar seu neto que está a bordo da nave Galaxy, pousada a força em Europa. A humanidade foi claramente avisada (por entidades até então desconhecidas), para não pousarem lá. Infelizmente - ou felizmente - a nave Galaxy é forçada a pousar e faz novas descobertas. Foi o livro mais cansativo, na minha opinião. Senti um certo desanimo em continuar, achei que ACC estava forçando demais a narrativa, não estava funcionando comigo. Depois de ler mais da metade do livro consegui deslanchar e me envolvi na aventura. Mas, ainda assim, foi o livro que menos gostei.

Já o último, meu deus! O livro "3001: A Odisseia Final" dá vontade de ler para sempre. Não parar nunca. É extremamente bem construído e imaginativo. Nele, descobrimos o que acontece a Frank Poole. A tecnologia super avançada e a sorte ajudam Frank a voltar a vida, um milênio depois de sua morte. Pensa nisso! Quando Poole se encontra em uma sociedade totalmente diferente da sua, o choque cultural, os diálogos, os pensamentos, discussões sobre fatos históricos, religião e ciência, as atitudes dele, tudo isso acaba por transformar o livro em algo esplêndido. É delicioso, divertido, interessante e assustador ler sobre a experiência de Frank. Sinceramente, Arthur C. Clarke, por essa eu não esperava! E vivinho da silva, Frank Poole parte em busca dos mistérios que se iniciaram na primeira odisseia. E então, finalmente, descobrimos o que são os Monólitos, e ao mesmo tempo, a humanidade se vê obrigada a construir armas para enfrentar essa tecnologia. E a partir desse ponto, aconteceu tudo muito rápido. Poderia ter sido mais explorado esse tema, a humanidade finalmente enfrentando uma tecnologia extraterrestre. Me decepcionou um pouco nessa parte, bateu aquela sensação de que faltou alguma coisa. Mas no geral, é um ótimo livro.

Infelizmente, nenhum desses livros me aproximou da experiência transcendental que foi ler "2001", mas ainda assim, valeu a pena. Eu super indico a leitura e pra quem nunca leu nada do gênero, não se assustem com Ficção Científica pois é um universo lindo, que vai te divertir nos momentos certos e vai te fazer se questionar muitas coisas que pouco damos atenção.

Li todos os livros pelo Kobo Glo, e mais uma vez, adorei! Não tenho nada para reclamar, os erros de gramáticas foram leves, não atrapalharam em nada. E mesmo se atrapalhasse, não tenho direito de reclamar pois consegui os ebooks totalmente for free. Então, muito obrigada santa alma que disponibilizou esses ebooks pra download grátis!

Onde fazer o download dos livros:

Todos os livros existem na Livraria Cultura em Inglês, no caso de quem não lê em Inglês vale a pena pesquisar no site Estante Virtual, irão encontrar preços legais.

Boa sorte, e boa leitura!

Um comentário:

  1. Arthur C. Clarke revolucionou não somente a literatura de ficção científica, mas também a raça humana. Graças a engenhosidade deste senhor, temos hoje os satélites que são uma fonte de inúmeros avanças da raça humana. Por essa descoberta, dos satélites, estes hoje orbitam um lugar no espaço denominado, Cinturão de Clarke.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.