Pelos Olhos de Maisie (What Maisie Knew) - Henry James


Só lendo uma obra clássica para entender o porquê de um autor ainda ser reconhecido até os dias de hoje. Nos questionamos ou até mesmo temos preguiça de pegar um livro escrito há mais de um século e ler, como se fosse qualquer outro livro bestseller que lidera o topo do New York Times. Mas quando damos uma chance para os autores antigos, os clássicos da vida, eles nos mostram porque ainda existem. É simples assim. Temos que dar essa chance à eles. E continuo me questionando, qual dos livros atuais continuarão sendo lidos daqui alguns séculos...

Enfim, quando vi pela primeira vez esse livro, admito que a capa me chamou muita atenção. É uma pintura da Elizabeth Peyton, tão penetrante e ao mesmo tempo tão despreocupada que não tive alternativa a não ser levar pra casa e ler. Se trata da história de Maisie, uma criança que se vê em uma situação comum para nós hoje em dia: seus pais se divorciaram. Lembrando que esse livro foi lançado em 1897, e seu tema ainda é muito atual. Henry James começa o primeiro capítulo te deixando a par de toda a briga e tensão que existe entre o casal. Contudo, nenhum dos dois se mostraram envolvidos e competentes o suficiente para cuidar da filha, então ficou decidido que Maisie passaria 6 meses com cada um.

Durante algum tempo Maisie era o alvo dos dois. Eles a usavam para prejudicar o outro, e continuavam a se odiar profundamente. "Queriam-na não pelo bem que pudessem fazer a ela, mas pelo mal que, com a ajuda inconsciente dela, cada um poderia fazer ao outro". O seu pai se envolveu com outra mulher, e sua mãe com outro homem e a pobre Maisie chegou a conclusão de agora teria 4 pais. O interessante é perceber, durante a leitura, o quanto Maisie é desenvolvida, apesar de saber que seus pais não a amam como deveriam, ela se mostra dócil e passiva à tudo. Nada é dito às suas costas, ela sempre está a par de tudo, e ainda assim, não guarda raiva dos pais, e sempre tem um postura muito madura para uma criança.

A mãe de Maisie deixa bem claro que não a quer, que não liga pra ela. Dessa forma, "nossa amiguinha", como Henry James a chamava, se vê obrigada a se apegar a outras pessoas, pois sabe que não pode contar com o amor de seus pais. E então, no meio de tanta briga, Maisie se apega a Sra. Beale (que casou com seu pai), ao Sir Claude (que casou com sua mãe) e a Sra. Wix que é sua governanta. Com o desenrolar da história, conseguimos ver as qualidades e os defeitos de todos os personagens, que são muito bem construídos, e ficamos observando tudo o que acontece como se fôssemos a própria Maisie, vamos descobrindo as coisas aos poucos, se encantando ou sofrendo junto com ela.

A maneira como o Sr. James desenvolveu sua narrativa é de dar gosto. Nunca li algo parecido em toda a minha "carreira de leitora". Quando dei por mim, já estava totalmente absorvida na história, encantada com o Sir Claude (ah...que personagem!), com a Maisie e tendo meus desentendimentos com os outros personagens. Isso também acontece bastante, conforme a "nossa amiguinha" vai crescendo, ela passa a ver as pessoas ao seu redor de maneira diferente, e você a acompanha, encarando os altos e baixos, desconfiando ou confiando nos personagens. Mas, como ela é apenas uma criança, em cada momento ela acredita em alguém (e você, já envolvido na visão dela, acredita também) e por aí vai.

O desfecho dessa história é simplesmente incrível! Vale a pena.



A Companhia das Letras fez mais um trabalho primoroso quanto à edição desse livro. Nele temos uma introdução pelo Christopher Rick, escritor que já lecionou Inglês na Cambrigde, a tradução feita pelo carioca Paulo Henrique Britto, poeta, ensaísta e professor. Também contamos com 5 resenhas além dos comentários do autor sobre a obra. Ou seja, uma edição que vale a pena ter!

Outra notícia boa é que vai estrear o filme em breve, então fique atento!
Estou super ansiosa e contente com esse filme! O que vocês acharam?

Mais informações:
Titulo:Pelos Olhos de Maisie
Autor: Henry James
Páginas: 412
Compre aqui

4 comentários:

  1. Tinha interesse em ler o livro "Pelos Olhos de Maisie" porque gostava da capa (sou do tipo que quer livros quando acha a capa bonita), quando a notícia sobre o filme surgiu li sobre o livro e já coloquei na lista de 'quero ler'.
    Quando for a biblioteca (assim que encontrar minha carteirinha!) quero fazer empréstimo desse livro :)

    Dias desses estava pensando isso: "qual dos livros atuais continuarão sendo lidos daqui alguns séculos"? Uma pena perceber que muitos dos livros que vejo sendo lançados não serão lembrados daqui 5, 10 anos porque são livros (não ruins) mas que possuem histórias que não tem uma história que possa ser lida hoje, amanhã e daqui um século, muita coisa descartável está sendo escrita :X

    Beijos,
    Maura - Blog da /mauraparvatis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo totalmente com você!
      E também sou dessas que escolher o livro pela capa, isso conta muito pra mim :)

      Adorei seu blog!

      Excluir
  2. Nunca tinha lido uma resenha desse livro, só tinha visto a capa mesmo e achado muito interessante. A história parece ser realmente muito boa, não me lembro de ter lido algo com essa temática, pretendo fazer a leitura então! Nem sabia que teria o filme, aliás, tenho que ler antes de assistir, o contrário vai contra os meus princípios, hahaha.
    my-paperskies.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal!
      O tema é muito interessante, e o desenvolvimento da história é genial! Você vai gostar!

      Também gosto de ler primeiro, depois ver o filme. Nem sempre dá, mas eu tento! :)

      Abraços!

      Excluir

Tecnologia do Blogger.