A Graça da Coisa - Martha Medeiros


Tem coisa mais bonita do que um escritor se dedicar a escrever sobre temas simples e cotidianos da vida? Sobre uma cena de briga que viu na rua, um filme que assistiu, um bom livro que gostou de ler, uma peça de teatro, uma música que ficou guardada no coração, de viagens, de solidão, de companhia, de viver a vida livre e leve. Sabe, essas coisas? A Martha Medeiros é mestre em fazer isso. Ela escreve de uma maneira segura de si, simples, sincera. Quer coisa mais linda que isso? Dá gosto de ler o que ela escreve.

Esse livro reúne contos que falam sobre tudo um pouco. Mas o assunto principal é a vida, é sobre amadurecer, enxergar o mundo de outra forma. Uma das coisas que mais gosto é que a Martha te dá conselhos, fala, do jeito dela, como deve ser a relação com o dinheiro, como deve ser a relação de um casal. É claro que ela escreve ali as suas opiniões (concorda quem quiser), e tudo acaba se tornando uma conversa gostosa, que eu não queria que acabasse. Ah, fiz tantas marcações! O livro me acompanhou até na piscina. Está manchado, molhado, marcado e enrugado. O que acho bom, afinal. Mostra que me aventurei, que saí da minha própria rotina, e além disso, mostra mais histórias pra contar. Já ouviram alguém falar "all star bom é all star gasto" ? Pois eu já, e modifico "livro bom, é livro gasto". Creio que a Martha aprovaria. É claro, não precisa estregar seus livros, mas não tem problema eles ganharem umas marquinhas de vez em quando, pra contar também a sua história com ele. Livros que viajam tendem a ficar meio estragadinhos, eles passam por muita coisa. Mas é a vida, oras. Martha também me ensinou a desapegar. Só se apegar ao que te faz bem pra alma. Claro que livros fazem muito bem pra minha alma, mas não preciso ter todos os livros do mundo no meu quarto, muito menos em perfeita condição. Acho que ler essas crônicas me fez perceber que tudo que importa, afinal, é viver saudável, viajar, aceitar as coisas no seu tempo, procurar encarar as frustrações como coisas naturais que irão ocorrer com certa frequência. E ir seguindo.

Depois que terminei, fiquei com uma intensa vontade de viver melhor a vida, ver a graça da coisa. De ser mais gentil. De prestar mais atenção a pequenos detalhes, que no final mudam tudo. Deu vontade de viajar mais, de ficar mais perto da pessoa amada, curtir mais a natureza., abraçar meus amigos, abraçar o Woody Allen (descobri que ela também é fã do diretor), e são especiais os livros que te fazem ver a vida assim, com graça, preservando as coisas boas apenas e aprendendo com as coisas ruins. Parece clichê demais? Pois é, mas é preciso parar um pouco e ler coisas assim. Precisamos retomar alguns conceitos, que parecem simples demais, mas que acabamos por esquecer na correria do dia-a-dia. 

É um livro que se deve ler sempre, para lembrarmos que a vida é bela, que devemos enxergar isso, ou ao menos tentar. E claro, a narrativa de Martha é incrível, vale muito. Que mulher iluminada!






Mais informações:
Titulo: A Graça da Coisa
Autor: Martha Medeiros
Editora: L&PM Editores
Páginas: 215
Compre aqui

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.