Eleanor & Park


A única palavra que me vem a cabeça quando penso nessa história é:  heartbreaking.

Eleanor tem 16 anos,é nova na cidade, não conhece ninguém e tem sérios problemas familiares. Não se dá nada bem com seu padrasto, e foi expulsa de casa por um ano.Tem 4 irmãos menores. Além dela ser a irmã mais velha e ter que cuidar dos outros, ela é grande, com um enorme cabelo cacheado e ruivo e meio gordinha, o que causou certo constrangimento na escola. Apesar de tudo, ela é corajosa, mas tem baixa estima e é esquisitona (principalmente pelas roupas que veste). A primeira vez que ela entrou no ônibus escolar foi recusada e ficaram "zoando" com ela. Ninguém queria sentar perto de uma menina como ela. A pobre Eleanor não teve opção a não ser sentar do lado de um garoto que não se opôs.

Park era um cara super "cute", com descendência asiática que curtia The Smiths. E sim, tinha uma boa família. Park viu uma garota ruiva, grande e desajeitada entrar no ônibus. Mas isso não era nada, ela estava se vestindo muito mal, ele nunca havia visto uma garota se vestir daquele jeito. Estava ridícula, coitada. Park não queria que ela ficasse perto dele, mas adivinha? O lugar estava vago, então foi ali mesmo que ela sentou.

Depois de um bom tempo sentando juntos ambos começaram a ceder e conversar. Pois até então, nunca haviam trocado uma palavra. Mas Eleanor lia as HQ's dele enquanto ele lia também, no ônibus.
O que não era nada óbvio para eles aconteceu:  se apaixonaram. E sim, agora você pode imaginar o nhé-nhé-nhé. A história de amor, a melação... E sim, algo de ruim acontece para separar os dois e pôr em prova o relacionamento deles.

O que achei interessante nesse livro foram as referências à cultura pop, nerdices e bom gosto musical (sim, ele falam bastante sobre música).

Bem, agora vamos falar um pouco da escritora. Eu gostei da descrição que fizeram dela no Skoob:

"Rainbow Rowell escreve sobre adolescentes (Eleanor & Park e Fangirl), e às vezes sobre adultos (Attachments e Landline). Mas ela sempre escreve sobre pessoas que falam MUITO! E pessoas que sentem que estão fazendo tudo errado na vida. E pessoas que se apaixonam. Quando não está escrevendo, Rainbow lê Quadrinhos, planeja viagens para a Disney e discute sobre coisas que não são muito importantes. Ela vive em Nebraska com seu marido e dois filhos"

Eleanor & Park foi lançado em 2012, e tem edições super fofas. Infelizmente ainda não foi traduzido para o Português.

Bem, agora vamos lá. Qual foi a minha real opinião sobre esse livro? Achei que ia gostar mais, me encantar mais. Não vou negar que me diverti enquanto lia, mas não mudou a minha vida, nem foi nada de especial, pelo contrário, foi só um passatempo ( e não gostaria que fosse, sempre espero algo a mais dos livros que leio). Achei interessante que entrou um pouco no assunto sobre Bullying  na escola, mas não deu em nada, acredito que a ideia era só mostrar que ela era vítima de bullyng, por ser diferente. Na minha opinião, a personagem da Eleanor, e do Park também, poderiam ter sido mais explorados. A história fica presa entre os dois adolescentes, seus diálogos e no sofrimento da Eleanor em casa, com sua família e na escola. E é isso. A parte legal é o descobrimento de sentimentos, pois como são adolescentes, ainda não haviam descoberto nada sobre estar apaixonado, sobre precisar de alguém do seu lado, sentir saudades. Essas coisas da vida.


Bem, lá em cima disse que o livro é heartbreaking, porque ... é. Não no sentido de ser tão ruim que partiu meu coração, mas o que acontece com os personagens é de partir o coração de qualquer um. Sério.

Então, se você quiser saber o que acontece, leia o livro e vem me contar se você gostou ou não. 
E se você já leu, o que achou?



2 comentários:

  1. As edições desse livro me encantam demais! Tenho muita vontade de ler a história, sinto que vou gostar por falar muito de música e nerdices, como você disse, amo essas coisas HUAHUA Devo ler mais como um livro pra passar o tempo, mas ai ai, já tô pensando no que vou sentir na parte "heartbreaking"...
    my-paperskies.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim! Você vai gostar! Mas não aposte muito nele, talvez eu não tenha gostado tanto por que ouvi muitas pessoas falando que era o melhor livro que tinham lido, então, fui ler com uma expectativa muito grande, e isso atrapalha muito ás vezes, né?!
      Obrigada por acompanhar o blog!

      Um beijo!

      Excluir

Tecnologia do Blogger.